A dialética da dentadura

Foto:  depositphotos

O presidente esconde a fala, porque a fala é pífia, porque não conhece o Brasil. Oswald de Andrade já desvelou lá atrás qual é o drama maior do brasileiro. A tristeza do beijo beijando sem dente. A estética da fome. Pirirí cósmico. FHC jubilando-se com o aumento da venda de dentaduras. A elite do atraso. Este é o tema do comentário de Gilberto Felisberto Vasconcellos, veiculado no programa Campo de Peixe, da Rádio Campeche, conduzido pela jornalista Elaine Tavares. (19.02.22)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *